APOIO SIMPLIFICADO PARA MICROEMPRESAS

22 dezembro 2020

Apoio destinado a microempresas, atribuído como alternativa ao Apoio à Retoma Progressiva. O montante a conceder corresponde a dois salários mínimos por trabalhador, pago em duas tranches ao longo do primeiro semestre de 2021.

Como condições de acesso, as empresas devem ter quebra de faturação superior a 25%.

Os beneficiários ficam proibidos de proceder a despedimentos coletivos ou por extinção do posto de trabalho até dois meses após o final do apoio.

Aguardamos a regulamentação deste apoio e a abertura de candidaturas.

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

FICHEIRO 1 266.47 KB
Download
FICHEIRO 6 40.8 KB
Download

APOIAR.PT

18 janeiro 2021

Trata-se de um subsídio a fundo perdido atribuído às empresas com quebras de faturação a partir de 25%, entre janeiro e dezembro de 2020, face ao período homólogo do ano anterior.  A taxa de financiamento a atribuir é de 20% do montante da diminuição da faturação da empresa, com os seguintes limites máximos:

  • 10 mil euros para microempresas;
  • 55 mil euros para microempresas dos CAE 56302, 56304 e 56305;
  • 55 mil euros para pequenas empresas;
  • 135 mil euros para pequenas empresas dos CAE 56302, 56304 e 56305;
  • 135 mil euros para médias empresas e empresas com mais de 250 trabalhadores, mas com faturação inferior a 50 milhões de euros anuais.

Como apoio extraordinário à manutenção da atividade no primeiro trimestre de 2021, é atribuído um apoio adicional equivalente ao incentivo apurado para o quarto trimestre de 2020, com os seguintes limites máximos:

  • 2 500 euros para microempresas;
  • 13 750 euros para microempresas dos CAE 56302, 56304 e 56305;
  • 13 750 euros para pequenas empresas;
  • 33 750 euros para pequenas empresas dos CAE 56302, 56304 e 56305;
  • 33 750 euros para médias empresas e empresas com mais de 250 trabalhadores, mas com faturação inferior a 50 milhões de euros anuais.

As candidaturas podem ser efetuadas no Balcão 2020.

Consulte aqui a legislação aplicável e aceda à informação da AHRESP e os guiões de apoio ao registo da empresa no Balcão 2020 e ao preenchimento do formulário de candidatura – exclusivo Associados

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

FICHEIRO 10-1 1.94 MB
Download
FICHEIRO 8-1 352.98 KB
Download
FICHEIRO 9 876.33 KB
Download

APOIAR RESTAURAÇÃO.PT

18 janeiro 2021

Este é um apoio específico ao setor da restauração, para ajudar a fazer frente às dificuldades criadas pelas limitações à atividade impostas pelo Governo aos fins-de-semana, entre 14 de novembro e 10 de janeiro. O apoio corresponde a 20% da perda de receita sentida nestes dias, face à média dos 44 fins-de-semana anteriores (de 1 de janeiro a 31 de outubro de 2020).

As candidaturas a este Apoio devem ser submetidas no Balcão 2020.

Consulte aqui a legislação aplicável, a informação da AHRESP e os guiões de apoio ao registo da empresa no Balcão 2020 e ao preenchimento do formulário de candidatura – exclusivo Associados AHRESP

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

FICHEIRO 11-1 340.93 KB
Download
FICHEIRO 10-1 1.94 MB
Download
FICHEIRO 9 876.33 KB
Download

APOIAR RENDAS

18 janeiro 2021

Trata-se de um apoio a fundo perdido para o pagamento de rendas, atribuído por referência a um período de seis meses, nos seguintes montantes:

  • Para empresas com quebras de faturação entre 25% e 40%, o apoio corresponde a 30% do valor da renda, até 1200 euros por mês;
  • Para empresas com quebras de faturação superiores a 40%, o apoio corresponde a 50% do valor da renda, até 2 mil euros por mês;

O pagamento é efetuado em duas tranches ao longo do primeiro semestre de 2021.

As candidaturas podem ser submetidas no Balcão 2020, a partir de 4 de fevereiro.

Consulte aqui a legislação aplicável e a informação da AHRESP  – exclusiva Associados

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

FICHEIRO 12-1 329.55 KB
Download

APOIAR + Simples

18 janeiro 2021

Trata-se de um subsídio a fundo perdido atribuído aos empresários em nome individual (ENI) do regime simplificado de contabilidade e com trabalhadores a cargo, com quebras de faturação a partir de 25%, entre janeiro e dezembro de 2020, face ao período homólogo do ano anterior.  A taxa de financiamento a atribuir é de 20% do montante da diminuição da faturação da empresa, com os seguintes limites máximos:

  • 4 000 euros;
  • 10 000 euros para os ENI dos CAE 56302, 56304 e 56305.

Como apoio extraordinário à manutenção da atividade no primeiro trimestre de 2021, é atribuído um apoio adicional equivalente ao incentivo apurado para o quarto trimestre de 2020, com os seguintes limites máximos:

  • 1 000 euros;
  • 2 500 euros para os ENI dos CAE 56302, 56304 e 56305;

As candidaturas podem ser efetuadas no Balcão 2020.

Consulte aqui a legislação aplicável e a informação da AHRESP – exclusivo Associados

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

FICHEIRO 13 327.7 KB
Download

SALE AND LEASE BACK

22 dezembro 2020

A Turismo Fundos lançou a OpenCall202020, que coloca à disposição das empresas, principalmente das pequenas e médias empresas (PME), a liquidez disponível nos fundos de investimento imobiliário que gere. Concretiza-se através de um instrumento financeiro que se caracteriza pela venda e subsequente arrendamento de longo prazo de um imóvel, salvaguardando o direito de recompra do mesmo.

A OpenCall202020 manter-se-á em vigor até que a Turismo Fundos considere que os objetivos desta iniciativa se encontrem cumpridos.

Consulte a informação da AHRESP – exclusiva Associados

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

AHRESP - Sale and Lease Back - 18.jun.2020 353.89 KB
Download

AÇORES – ADAPTAR 2.0 

22 dezembro 2020

O Governo Regional dos Açores lançou este apoio financeiro a fundo perdido às pequenas e médias empresas (PME), que se proponham desenvolver projetos que satisfaçam as condições impostas pela autoridade de saúde para a retoma da atividade económica.

A taxa de incentivo a atribuir é de 70% das despesas elegíveis, incorridas a partir de 18 de março e compreendidas entre 5 mil euros e 40 mil euros.

O prazo para a apresentação de candidaturas decorre entre 26 de junho de 2020 e 31 de março de 2021. A candidatura deverá ser efetuada via Balcão 2020, através de formulário eletrónico.

Em Portugal Continental, será também disponibilizado o programa ADAPTAR 2.0.

Consulte o aviso de candidatura ao programa ADAPTAR 2.0 nos Açores, bem como a informação da AHRESP.

Para ter acesso ao download dos Pdf´s clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiros

AHRESP - Adaptação das PME ao contexto da COVID-19 - Açores - 15.dez.2020 372.89 KB
Download
ADAPTAR 2.0 Aáores - Aviso de Candidatura 287.02 KB
Download

PORTUGAL CONTINENTAL – ADAPTAR 2.0 

22 dezembro 2020

Será lançado em breve o programa ADAPTAR 2.0, por forma a auxiliar e estimular micro e PME dos setores secundário e terciário a atualizar e remodelar os seus estabelecimentos e unidades de produção, modernizando-os e adaptando-os no atual contexto.

O programa incidirá, por exemplo, em investimentos na adaptação ao contexto COVID-19, assim como em frentes de loja, áreas de acesso ao público, áreas de apoio à atividade ou layouts das unidades de produção.

Aguardamos a regulamentação do programa e a abertura de candidaturas.

AÇORES – PROGRAMA DE MANUTENÇÃO DO EMPREGO II 

14 janeiro 2021

O Governo Regional dos Açores atribui um apoio a fundo perdido às empresas que tenham recorrido a linhas de crédito COVID-19, em função do cumprimento de critérios de manutenção do emprego, comparando o mês de setembro de 2020 com o mês de junho de 2021. O valor a atribuir varia consoante o número de postos de trabalho existentes e a dimensão da empresa.

O prazo de pagamento deste apoio corresponde ao prazo máximo de amortizações dos financiamentos, definido na linha de crédito COVID-19 a que a empresa recorreu (após a utilização do prazo de carência), sendo liquidado trimestralmente e em prestações constantes.

As candidaturas devem ser apresentadas após a aprovação do crédito, à Direção Regional de Apoio ao Investimento e à Competitividade (DRAIC), através de formulário de candidatura a disponibilizar em aqui

Consulte o regulamento aqui

AÇORES – APOIAR.PT 

14 janeiro 2021

As micro, pequenas e médias empresas da Região Autónoma dos Açores, com quebras de faturação mínimas de 25%, podem receber um apoio a fundo perdido no montante de 20% da diminuição da faturação da empresa, com o limite máximo de 7500 euros para as microempresas, 40 mil euros para as pequenas empresas e 100 mil euros para as médias empresas. Este apoio será pago em duas prestações.

As candidaturas podem ser efetuadas no Balcão 2020.

Consulte o regulamento aqui