Boletim Diário AHRESP (BDA 77) – 21.07.2020

Informações e Esclarecimentos

 

45 mil milhões para Portugal

Conselho Europeu aprovou um instrumento de recuperação económica para o conjunto da União Europeia e delineou o orçamento para 2021-2027, o que permitirá a Portugal dispor de uma verba de 45 mil milhões de euros para os próximos 10 anos. Estes fundos dividem-se em 15,3 mil milhões em subvenções, a que acrescem empréstimos no montante de 10 mil milhões de euros a que o país poderá recorrer para apoiar empresas. Saiba mais aqui

 

Opções de apoio após o Lay-off Simplificado

Com o terminar do apoio do Lay-off Simplificado a 31 de julho, as empresas podem optar por uma de duas opções, nesta fase de recuperação da atividade:

  1. Incentivo financeiro extraordinário à retoma da atividade na modalidade de um salário mínimo (apoio único), ou de dois salários mínimos (pagos em duas tranches num período de 6 meses) por trabalhador em lay-off;
  2. Apoio à retoma progressiva (sucedâneo do lay-off Simplificado com novas condições).

Estes apoios não podem ser acumulados entre si, devendo as empresas eleger aquele que melhor se adequa à sua realidade. Saiba mais aqui

 

Novas Orientações da DGS para equipamentos de ar condicionado

A Direção-Geral de Saúde emitiu uma atualização à Orientação n.º 023/2020 que define os procedimentos em estabelecimentos de restauração e bebidas. Esta atualização refere-se à climatização dos espaços através de sistemas de AVAC (Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado). A DGS considera que pode ser utilizada ventilação mecânica de ar, desde que seja garantida a limpeza e manutenção adequadas, de acordo com as recomendações do fabricante, e a renovação do ar dos espaços fechados, por arejamento frequente e/ou pelos próprios sistemas de ventilação mecânica (quando esta funcionalidade estiver disponível). Saiba mais aqui

 

Impacto na Atividade Turística prejudica Balança de Pagamentos

O Banco de Portugal divulgou as últimas estatísticas da balança de pagamentos. No período de janeiro a maio, as receitas turísticas internacionais (rúbrica viagens e turismo) sofreram uma queda acentuada (-47,8%). O saldo conjunto das balanças corrente e de capital fixou-se em -2,49 mil milhões de euros, resultante em grande parte da crise no setor do turismo. Saiba mais aqui

 

Férias fora de casa

Um inquérito feito pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (CESOP) da Universidade Católica para o jornal PÚBLICO e para a RTP revela que 60% dos entrevistados não farão férias fora da sua residência habitual mesmo que as deslocações sejam permitidas.

 

Prevenção de Incêndios

No âmbito do Programa “Portugal Chama”, o Turismo de Portugal, e também a AHRESP, aliam-se à causa relativa à prevenção de incêndios, e participam na divulgação de materiais informativos, numa altura em que se começam a registar temperaturas mais elevadas e em que o risco é maior. Um país sem incêndios faz também parte da imagem do destino Portugal como um destino seguro. Saiba mais aqui

MEDIDAS AHRESP

 

Apoiar as Empresas do Canal Horeca

A AHRESP congratula-se com o acordo alcançado no Conselho Europeu, que abre perspetivas para uma intervenção estruturada no sentido de estimular e acelerar a recuperação da economia da União Europeia, em resposta à crise provocada pela pandemia de Covid-19. Neste quadro, espera-se que Portugal beneficie de condições favoráveis para sustentar uma recuperação mais célere e mais robusta. É urgente assegurar que estes fundos são disponibilizados rapidamente e aplicados de forma eficaz às empresas que mais têm sofrido com esta crise que, sem dúvida, são as empresas do canal Horeca. 

 

Prorrogação do Regime de Lay-off Simplificado

A AHRESP defende a prorrogação do regime de Lay-off Simplificado a partir do dia 1 de agosto, para que os Setores do Alojamento Turístico e da Restauração e Bebidas possam garantir a manutenção dos seus postos de trabalho

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP