Eleição mais concorrida de sempre na AHRESP elege 170 novos dirigentes para os próximos três anos

Foram eleitas 85 empresas Associadas, representadas por 170 dirigentes, para os Órgãos Sociais (Mesa da Assembleia-Geral, Conselho Fiscal e Direção). Em todo o território nacional foram também votadas as Comissões Diretivas Setoriais e as Comissões Diretivas Distritais.

Lisboa, 1 de outubro de 2021 – Num processo eleitoral que primou pela participação histórica, foram ontem eleitos em todo o território nacional mais de 85 empresas e 170 dirigentes para os órgãos sociais da AHRESP.

Foram, assim, eleitos os Órgãos Sociais da AHRESP para a Assembleia Geral, para o Conselho Fiscal e para a Direção, assim como os representantes das 8 Comissões Diretivas dos Setores de Atividade e as 14 Comissões Diretivas Distritais, para o triénio 2021-2024.

As 85 empresas eleitas são representantes da Restauração Tradicional, Restauração de Serviço Rápido, Restauração Coletiva, Pastelarias, Animação Noturna, Indústria/Comércio Alimentar e Emissoras de Vales de Refeições, Hotelaria, Alojamento Local e Parques de Campismo e Turismo de Ar Livre.

A Direção eleita será presidida pelo Comendador Mário Pereira Gonçalves, pela Versailles. Para a vice-presidência foram eleitos:

  • ITAU – Instituto Técnico de Alimentação Humana (Carlos Alberto Moura)
  • Abrantes da Mota Veiga (Jorge Loureiro)
  • Ingrediente Magnético (Júlio Fernandes)
  • A.S.E. – Empreendimentos Turísticos (Joaquim Ribeiro)
  • Castelpor – Actividades Hoteleiras (Tiago Quaresma)
  • Futuro Restauração Rápida (João Carlos Silva)
  • Multifood (Rui Sanches)
  • Aromateca (Vítor Sobral)
  • Falésia Hotel (Cristóvão Lopes)
  • Arisdouro Gestão Hoteleira (Rui Paula)
  • Santos & Marçal (Elsa Marçal)
  • AJEM Pastelarias (António Melgão)

Para a Mesa da Assembleia Geral foi eleito como presidente a Enatur (Rui Mota) e para a presidência do Conselho Fiscal a Lunahoteis (José Lourenço Santos).

Pela primeira vez, ocorreram eleições para as 14 Comissões Diretivas Distritais dos Açores, Aveiro, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal e Viseu, e também pela primeira vez foram disponibilizadas mesas de voto em todas as delegações, permitindo aos Associados votarem nos seus Distritos.

Os presidentes eleitos para as Comissões Diretivas Regionais foram:

  • Região Autónoma dos Açores: Atalhos de Lava Produções (Cláudia Chaves).
  • Aveiro: Estação do Som (Américo Pessoa)
  • Bragança: Geadas & Geadas (António Gonçalves)
  • Castelo Branco: Ludovico Antunes Dias
  • Coimbra: Hotel Oslo (José Madeira)
  • Évora: Sociedade Agro Turística da Vinha do Campo (João Cavaleiro Ferreira)
  • Faro: Falésia Hotel (Cristóvão Lopes)
  • Guarda: Madalena Ferreira Unipessoal (Tiago Martins)
  • Leiria: António Carepa Sousinha e Filhos (Miguel Sousinha)
  • Lisboa: Teotónio Lázaro Miranda & Filhos (Antero Correia Jacinto)
  • Porto: Mesquita de Sousa Hotels & Resorts (Pedro Mesquita Sousa)
  • Santarém: Medidas Preferidas (Francisco Calheiros)
  • Setúbal: Restaurante O Canhão (Daniel Piedade)
  • Viseu: Abrantes da Mota Veiga (Jorge Loureiro)

 

Finalmente, foram ainda eleitos, para o lugar de Presidente dos Grupos de Setor:

  • Restaurantes tradicionais, típicos, de fado, casas de pasto, auto-serviços, e estabelecimentos equiparados: Carvalheira dos Santos (Victor Prego de Castro)
  • Pastelarias com fabrico próprio, padarias, confeitarias, leitarias, cafés, cafetarias, casas de chá, geladarias e estabelecimentos equiparados: Alves & Alves (Paula Alves)
  • Casinos, bingos, e outros espaços de jogo, espaços de animação turística, empresas de organização de eventos, bares, discotecas e estabelecimentos de animação equiparados: KAPAINVEST (Eugénio Nuno da Silva Ribeiro)
  • Concessionários de restauração e alimentação coletiva, cantinas, refeitórios, fábricas de refeições: Gertal – Companhia Geral de restaurantes e Alimentação (Fátima Portulez)
  • Restauração de serviço rápido, serviços de restauração ao domicílio e outros equiparados: Sistemas McDonald’s Portugal (Sofia Mendoça)
  • Indústria/comércio alimentar e de bebidas e emissores de vales de refeições: Sogenave (Alexandre Bastos)
  • Estabelecimentos hoteleiros, aldeamentos, apartamentos e conjuntos turísticos, turismo de habitação, turismo em espaço rural e de natureza, hostels, outros estabelecimentos de alojamento local, e outros equiparados: Carbono 21 (Telmo Faria)
  • Campismo, caravanismo, hotelaria de ar livre e parques temáticos: Orbitur (Beatriz Santos)

Os agora eleitos definiram no seu Programa de Mandato 3 eixos estratégicos: Empresas (Restauração e Alojamento), Pessoas e Gastronomia. Reconstruir, modernizar e reforçar a importância das nossas atividades na economia nacional são ações críticas a desenvolver.

 

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP