isenção de taxas para esplanadas

Ao encontro do que tem vindo a ser defendido pela AHRESP, a Câmara Municipal de Lisboa espera poder prolongar a isenção de taxas para esplanadas até ao final do próximo ano.

Paralelamente, a autarquia pretende criar uma bolsa, no valor de 100 mil euros, para apoiar a adaptação das esplanadas ao funcionamento durante todo o ano.

A AHRESP apela a todos os Municípios que sigam o exemplo da Câmara Municipal de Lisboa, promovendo as respetivas isenções de taxas, agilizando o licenciamento tendo em conta a adequação das esplanadas a um funcionamento permanente, bem como concedendo apoios a esses investimentos.

SEJA ASSOCIADO AHRESP