Inquérito AHRESP: impacto covid-19

No âmbito da ameaça global do COVID-19, e dos seus efeitos na economia mundial, e objetivamente em Portugal, a AHRESP realizou um novo Inquérito junto do alojamento turístico e da restauração e bebidas.

O Inquérito decorreu entre 1 e 3 de abril de 2020, tendo-se obtido um total de 1.819 respostas válidas, representativas dos setores da restauração e bebidas e do alojamento turístico.

Principais conclusões:

  • 74% das empresas refere já estar encerrada (não estão em funcionamento);
  • 30% das empresas não conseguiu pagar salários em março;
  • 63% das empresas não vai conseguir pagar salários em abril se não tiverem apoios;
  • 49% das empresas vai avançar para o layoff. Das empresas que vão avançar para layoff, 70% refere que não conseguem pagar salários em abril se a Segurança Social não entregar o apoio a tempo;
  • 77% das empresas não recorreram a apoios financeiros. Das 23% empresas que o fizeram, a linha de apoio do Turismo de Portugal foi a mais referenciada (56%);
  • 58% das empresas refere que as linhas de apoio financeiro não são adequadas às necessidades das empresas, e indicam apoios a fundo perdido, isenção de impostos e encargos financeiros como as principais soluções para apoiar o tecido empresarial;
  • 80% das empresas estima zero vendas em abril e maio.

Download de Resultados do inquérito

AHRESP - EFEITOS CORONAVIRUS - Resultados 03.abr.2020 1.53 MB
Download

SEJA ASSOCIADO AHRESP