ANTENA 1 | JORNAL DE NEGÓCIOS – ‘CONVERSA CAPITAL’ COM ANA JACINTO

Em entrevista no programa “Conversa Capital”, parceria Antena 1/“Jornal de Negócios”, Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP, aborda os temas socioecónomicos que estão na ordem do dia em Portugal, como a redução do IVA no cabaz essencial de alimentos, a proposta da AHRESP sobre a redução temporária do IVA nos serviços de restauração e bebidas, as medidas do pacote “Mais Habitação” e a urgência da dignificação das profissões no Turismo

Excerto da entrevista de Ana Jacinto, secretária- geral da AHRESP. VEJA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA AQUI

IVA

“Havendo uma baixa do IVA, consideramos que é uma medida positiva e que já deveria ter sido tomada há mais tempo. Agora, insistimos que, de facto, havia outras medidas que deveriam ser tomadas, especialmente para os nossos setores de atividade, como a redução do IVA, mas nos serviços de alimentação e bebidas, não apenas no cabaz alimentar, que é importante, repito, obviamente que é importante para aliviar o peso da inflação nas famílias, mas para nós era fundamental que o IVA fosse também reduzido nos serviços de alimentação e bebidas.”

PACOTE “MAIS HABITAÇÃO”

“Foi-se longe demais. Há propostas que, obviamente, a serem concretizadas, acabam com o Alojamento Local, designadamente a questão de os condomínios passarem a ter liberdade para dizerem onde pode e não pode haver alojamento local, quando já têm instrumentos para em caso de perturbação ou desacatos, poderem agir. Acho que é o suficiente. Depois, há uma contribuição extraordinária brutal (…).

Vamos tornar outra vez o alojamento local ilegal quando houve um esforço enorme para o formalizar. Depois, não existem dados, porque estamos a falar de alojamentos locais que provavelmente não estão ativos e que são os tais alojamentos fantasma, que estão a contar para a estatística, mas na verdade não estão em funcionamento.

A AHRESP o que diz é, primeiro, recolha-se informação sobre o que é que de facto se está a passar e o que é o alojamento local está a provocar. Face a isso, ouvem-se os interessados e tomam-se as decisões. E estamos totalmente disponíveis para tomar medidas, mas em conjunto equilibradas e não desequilibradas.”

DIGNIFICAÇÃO DAS PROFISSÕES

“Trabalhar no turismo é trabalhar na indústria da felicidade, portanto temos de criar a valorização que estas categorias merecem. Porque, servir os outros, é uma responsabilidade e tem de ser uma paixão enorme, e essa paixão não se encontra atualmente. Tem de se dignificar, de se continuar a apostar na qualificação, de se continuar a apostar na formação e tem de se continuar a apostar em trazer profissionais de outros países para o nosso país.”

Veja na íntegra a entrevista de Ana Jacinto no programa “Conversa Capital”

SEJA ASSOCIADO AHRESP