Aceitação e Utilização de Meios de Pagamento Eletrónicos 

A AHRESP sempre manteve como uma das suas prioridades a temática dos meios de pagamento eletrónico, nomeadamente as taxas que são cobradas às nossas empresas pela aceitação de pagamentos com cartões de débito e crédito, e que em Portugal são das mais elevadas da Europa, conforme já reconhecido pela própria Comissão Europeia.

Recordamos todo o trabalho que a AHRESP sempre desenvolveu nesta área, nomeadamente a queixa na Autoridade da Concorrência em Julho de 2007 contra as posições dominantes e de monopólio da SIBS e da UNICRE e, mais recentemente, em 2017, o trabalho pela abolição do pagamento da taxa de 4% do imposto de selo aplicado às nossas empresas, sobre as taxas que nos são cobradas pela aceitação do pagamento com cartões.

A aceitação deste tipo de pagamento, cada vez mais utilizado pelos clientes que nos procuram, nacionais e internacionais, tem originado custos despropositados e lesivos para a rentabilidade das atividades das nossas empresas.

Face ao exposto, vimos solicitar o preenchimento do presente inquérito – clique AQUI, que deve ser respondido até ao próximo dia 25 de Outubro de 2019.

Os dados fornecidos são absolutamente confidenciais e anónimos, para uso exclusivo da AHRESP.

Desde já agradecemos a sua disponibilidade de resposta e realçamos a importância da mesma.

Os serviços da AHRESP (tel: 21 352 70 60) estão à disposição para os esclarecimentos necessários: Cristina Curto (cristina.curto@ahresp.com)

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP