Boletim Diário AHRESP (BDA 263) – 15.04.2021

 

INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS

Portugal continental avança para a 3.ª fase de desconfinamento

Depois da reunião de Conselho de Ministros, o Governo anunciou hoje que a partir do dia 19 de abril, uma nova fase de desconfinamento irá avançar. Segundo as informações hoje apresentadas na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, existem três níveis a partir deste período:

  1. Nos concelhos que não têm uma taxa de incidência superior a 120 ou 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias pela segunda avaliação quinzenal consecutiva, além das medidas em vigor desde 5 de abril, aplicam-se as seguintes regras:
  • Abertura de Restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo 4 pessoas por mesa no interior ou 6 por mesa em esplanadas), até às 22h30 nos dias de semana ou 13h nos fins-de-semana e feriados;
  • Realização de eventos exteriores com diminuição de lotação (5 pessoas por 100 m²);
  • Casamentos e batizados com 25% de lotação.
  1. Nos concelhos com taxa de incidência superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias (a saber, Alandroal, Albufeira, Beja, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela), as medidas que vão continuar em vigor nestes concelhos são:
  • Funcionamento de esplanadas (com a limitação máxima de 4 pessoas por mesa) até às 22h30 nos dias de semana e até às 13h aos fins de semana;
  1. Nos concelhos com taxa de incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias (Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior), as regras são:
  • Encerramento de esplanadas;
  • Permite-se o funcionamento de comércio ao postigo.

A AHRESP aguarda a publicação do diploma que irá regulamentar esta nova fase, informando de forma imediata os seus associados.

Por agora, poderá encontrar informação oficial sobre a situação do seu concelho aqui:

Consulte o aqui o Comunicado de Conselho de Ministros 

 

Manual de Negócios Ahresp#21

Não perca a edição 21 do Manual de Negócios AHRESP, disponível hoje ao final do dia no site da AHRESP, onde está toda a informação de que precisa para gerir o seu negócio: as novas regras anunciadas, os apoios atualmente disponíveis, as boas práticas que o seu estabelecimento tem de seguir, as perguntas e respostas mais frequentes, a entrevista a Luís Ferreira, da Birds & Trees, parceiro da AHRESP no projeto Hotel 4.0, entre muitos outros temas.

Saiba ainda por onde andaram as equipas da AHRESP no âmbito da campanha “Informar para Cumprir”. Consulte aqui o MNAHRESP#21

 

Proveitos dos estabelecimentos de alojamento turístico caem 90% em fevereiro

Segundo os mais recentes dados do INE, em fevereiro de 2021, os proveitos dos estabelecimentos de alojamento turístico caíram -90,5%.

O alojamento turístico registou 208,2 mil hóspedes e 472,9 mil dormidas, o que corresponde a diminuições de -86,9% e -87,7% respetivamente.

Desde o início da pandemia, fevereiro foi o terceiro mês com maior redução do número de dormidas, tendo sido apenas ultrapassado por abril e maio de 2020. O concelho de Lisboa foi o que apresentou maior redução do número de dormidas no primeiro ano de pandemia.

O mercado britânico deixou de ser o principal mercado emissor, posição que passou a ser ocupada pelo mercado espanhol. As dormidas de residentes predominaram, representando 59,9% do total.

Para ter acesso ao documento AHRESP, clique no botão “Ver mais” e faça log-in.

Depois volte a entrar nesta página.

Download de ficheiro AHRESP

AHRESP - Atividade Turística de Fevereiro - INE - 14.abr.2021 429.58 KB
Download

Hotel 4.0 Talks  

No dia 27 de abril pelas 15h30 decorre o primeiro evento aberto ao público do programa de aceleração digital Hotel 4.0, o webinar Hotel 4.0 Talks.

No âmbito do projeto Hotel 4.0, que conta com o jornal Publituris como Media Partner,  decorreram já  duas sessões de Think Tank onde se juntaram vários especialistas para discutir o futuro da transformação digital da hotelaria, especialmente depois de uma aceleração “forçada” pela pandemia.

O evento de dia 27 de abril decorre através da plataforma Zoom e  é de acesso livre mas com lugares limitados, pelo que se sugere que reserve já o seu lugar!

Para consulta integral do programa e inscrição clique aqui 

 

Academia AHRESP

No mês de abril, a Academia AHRESP disponibiliza duas sessões para empresários da Restauração e Similares e Alojamento Turístico.

No âmbito do projeto “Melhores Empresários Melhores Negócios”, em parceria com a Confederação de Turismo de Portugal (CTP), a AHRESP promove a sessão Fiscalidade no Alojamento Local, no dia 20 de abril pelas 15h – clique aqui para se inscrever

Em parceria com a ViniPortugal, decorre uma formação à distância sobre serviço de vinhos. Esta formação, de iniciação, decorre no dia 21 de abril – clique aqui para se inscrever

 

Alto Risco em São Miguel

Nos Açores, na ilha de São Miguel passaram a nível de Alto Risco todos os concelhos da ilha, vigorando a partir das 00h00 de sexta-feira, dia 16 de abril, as medidas previstas para este nível de risco e outras de exceção, designadamente:

  • Proibição da circulação na via pública entre as 20h00 e as 05h00  do dia seguinte nos dias de semana e entre as 15h00 e as 05h00 do dia seguinte ao fim de semana, sem prejuízo das exceções constantes em decreto;
  • Encerramento de todos os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares;
  • Os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares, até às 22h00, só podem funcionar em serviço de entrega ao domicílio e take-away, com exceção do fornecimento de refeições a hóspedes de estabelecimentos hoteleiros ou similares por parte dos respetivos serviços de restauração.

Mais informações podem ser obtidas online em: https://covid19.azores.gov.pt/ e na página de Facebook da Direção Regional da Saúde: https://www.facebook.com/DirecaoSaudeAcores

 

Região dos Açores abre candidaturas ao programa ADAPTAR II

Abriram as candidaturas ao programa ADAPTAR II, para as empresas localizadas na região Autónoma dos Açores.

Este é um apoio financeiro à adaptação das empresas ao contexto da COVID-19, que visem cumprir as condições indicadas pelas autoridades nacionais e regionais.

São elegíveis as despesas incorridas desde 1 de outubro de 2020, compreendidas entre 500 e 5 mil euros. Podem voltar a candidatar-se as empresas que já beneficiaram do programa ADAPTAR anterior.

As candidaturas devem ser efetuadas no Balcão 2020, até 30 de junho de 2021. Consulte aqui o Aviso AÇORES-B9-2021-07

 

Smart Mobility Summit

Nos dias  20 e 21 de abril decorre, em Lisboa, a Smart Mobility Summit.

Esta Cimeira tem como tema de base a mobilidade que sustenta uma série de aplicações e iniciativas emergentes. É a última etapa de uma jornada que tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de serviços e produtos inovadores e que estes cheguem aos seus destinatários.

A Cimeira da Mobilidade Inteligente promove e revela as soluções de mobilidade aplicáveis a diferentes situações. É uma oportunidade de dar a conhecer as melhores práticas atuais aos utilizadores, tendo como foco o que está a impulsionar a nossa indústria.

A conferência prevê a realização de apresentações de todo o setor, com o objetivo de explorar e representar a vanguarda das tecnologias Smart Cities & Mobility.​​ Saiba mais aqui

Medidas ahresp

Na Restauração e Alojamento o drama agudiza-se no mês de março

O inquérito revelado ontem pela AHRESP mostra um cenário desolador entre as empresas do alojamento turístico e da restauração e similares, com metade das empresas inquiridas a revelar quebras acima dos 90% na faturação no mês de março.

Ao nível das insolvências, 29% das empresas da restauração e similares manifestam ter intenção de avançar nesse sentido e 17% no alojamento turístico.

No que diz respeito aos despedimentos 43% das empresas de restauração e similares, bem como 28% no alojamento turístico já efetuaram despedimentos. Também os dados do INE confirmam a situação drástica, com os proveitos do turismo a cair 90% nesse mesmo mês.

Uma vez mais, a AHRESP reitera a necessidade de disponibilização e robustecimento dos apoios às empresas, assim como de disponibilização de incentivos ao consumo. Consulte aqui os resultados

 

Testagem a profissionais em Lisboa

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) anunciou ontem que a testagem gratuita à Covid-19 é alargada a todos os moradores da cidade de Lisboa, a partir de 15 de abril. O Plano Municipal de Testagem deixa assim de estar limitado aos moradores das freguesias com mais de 120 casos por 100 mil habitantes e a cidadãos maiores de 16 anos.

O alargamento do número de testes, efetuados de forma massiva e universal na cidade, é uma medida central de prevenção da propagação do vírus e na promoção da saúde pública.

A AHRESP tem estado em conversações com a CML no sentido de encontrar um sistema de testagem universal dos profissionais das nossas empresas. Saiba mais aqui

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP