Boletim Diário AHRESP (BDA 291) – 25.05.2021

 

INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS

Pedir apoio para compensar aumento de salário mínimo

As empresas com trabalhadores que, em dezembro de 2020, auferiam 635 euros poderão receber um apoio no valor de 84,50 euros por trabalhador, como medida excecional de compensação do aumento do salário mínimo em 2021. No caso dos trabalhadores que em dezembro de 2020 auferiam um valor de remuneração superior a 635 euros, mas inferior a 665 euros, o montante do apoio a atribuir é 42,25 euros. Para efeitos de pagamento deste apoio, o IAPMEI e o Turismo de Portugal disponibilizam às entidades empregadoras, identificadas pelo sistema de informação da Segurança Social, um sistema eletrónico de registo, acessível através dos respetivos sites. A partir de amanhã, dia 26 de maio, esta plataforma de registo entra em funcionamento no site do IAPMEI. As empresas com um dos CAE principais abaixo listados deverão, contudo, aguardar pela disponibilização da plataforma por parte do Turismo de Portugal:

  • 551 – Estabelecimentos hoteleiros;
  • 55201 – Alojamento mobilado para turistas;
  • 55202 – Turismo no espaço rural;
  • 55204 – Outros locais de alojamento de curta duração;
  • 55300 – Parques de campismo e de caravanismo;
  • 561 – Restaurantes;
  • 563 – Estabelecimentos de bebidas;
  • Outros não diretamente relacionados com o canal HORECA.

 

Ações de Formação Financeira em junho

No âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira, IAPMEI e Turismo de Portugal promovem várias ações em junho. Marque na sua agenda:

  • 01 junho: Como prevenir a fraude na gestão do meu negócio;
  • 02 junho: O mercado de capitais enquanto opção de financiamento;
  • 04 junho: Avaliar o desempenho da minha empresa através das demonstrações financeiras;
  • 08 junho: Como avaliar novos modelos de negócio;
  • 09 junho: A importância dos seguros de proteção financeira na gestão da empresa;
  • 14 junho: Financiamento bancário de curto prazo;
  • 16 junho: Seguros o​brigatórios na gestão da empresa;
  • 17 junho: Fraude em produtos e serviços bancários;
  • 23 junho: A importância da contabilidade na fase de tomada de decisão;
  • 25 junho: Aspetos legais na criação de empresas;
  • 29 junho: Como analisar a rendibilidade e o equilíbrio financeiro da minha empresa;
  • 30 junho: Como usar os produtos financeiros derivados na cobertura dos riscos cambiais. Mais informação aqui

 

Balcão único europeu para melhorar as competências digitais básicas e avançadas

Digital Skills and Jobs Platform” é a nova plataforma da Comissão Europeia para acelerar as competências e o emprego na área digital na Europa. Trata-se de um balcão único com informações, iniciativas e recursos para melhorar as competências digitais básicas e avançadas. Numa altura em que 42% da população europeia não tem competências digitais básicas, a nova plataforma irá contribuir para a sua qualificação digital. Os objetivos são que 80% dos europeus tenham competências digitais básicas e que 20 milhões de especialistas em tecnologia digital estejam empregados até 2030. Este projeto foi criado com vários parceiros nos estados-membros da União Europeia e é financiado pelo programa “Connecting Europe Facility”. Artigo completo aqui 

 

Ideias inovadoras e sustentáveis para a Restauração e Hotelaria

Arranca hoje a segunda edição da competição nacional promovida pelo Fórum Turismo e o Super Bock Group, com o apoio do Turismo de Portugal. Desta vez, o Tomorrow Tourism Leaders – Super Edition lança o desafio de pensar o futuro do canal HORECA com o objetivo de se encontrarem soluções sustentáveis que inovem este setor e apoiem a retoma do Turismo. O Tomorrow Tourism Leaders – Super Edition pretende gerar respostas para os estabelecimentos comerciais, nos diferentes segmentos da Restauração e da Hotelaria, se desenvolverem do ponto de vista ambiental, social e económico. A identificação de oportunidades (ideias) deve materializar-se em boas práticas em áreas como o desperdício alimentar; reciclagem, transformação digital ou capacitação de recursos humanos. Os interessados podem submeter a sua ideia em www.ttl.pt até 27 de junho. Veja o comunicado completo aqui

 

Testes gratuitos para empresários e profissionais de Castelo Branco

A delegação da AHRESP de Castelo Branco está a promover a realização de testes gratuitos de rastreio à Covid-19 aos profissionais do Alojamento e da Restauração e Similares do concelho de Castelo Branco. Para poderem ser testados, basta que se inscrevam no site da AHRESP até dia 28 de maio, sendo posteriormente contactados pela Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, onde decorre a testagem, a partir de dia 31. Para se inscrever, clique aqui

Medidas ahresp

Regras sanitárias e orientações para o funcionamento dos estabelecimentos de restauração e similares

A AHRESP recorda a necessidade de se continuar a cumprir escrupulosamente todas as regras existentes para o funcionamento dos estabelecimentos de restauração e bebidas. Nessa sequência, relembramos, nos termos da Orientação n.º 023/2020 da DGS (atualizada a 20.05.2021) e do Guia de Boas Práticas para a Restauração e Bebidas da AHRESP validado pela DGS, o seguinte:

  • Os coabitantes podem sentar-se na mesma mesa frente a frente ou lado a lado a uma distância inferior a 2 metros;
  • Os não coabitantes podem sentar-se na mesma mesa desde que se encontrem a uma distância de 2 metros, sempre que possível;
  • No interior do estabelecimento a distância no corredor entre mesas deve ser de, pelo menos, 2 metros e no exterior de, pelo menos, 1,5 metros;
  • Ainda não é admitida a permanência de grupos superiores a 6 pessoas no interior ou a 10 pessoas nos espaços ou serviços de esplanadas abertas, salvo, em ambos os casos, se todos forem pertencentes ao mesmo agregado familiar que coabite.

A AHRESP relembra igualmente que se mantêm em vigor todas as restantes regras ao nível da etiqueta respiratória, designadamente a correta higienização das mãos e a utilização de máscara (fora dos períodos de consumo). Consulte aqui o Guia de Boas Práticas para a Restauração e Bebidas elaborado pela AHRESP.

 

Reforço de apoios a fundo perdido para empresas encerradas por decreto

A AHRESP defende a majoração de apoios a fundo perdido para a tesouraria das atividades económicas que continuam encerradas por imposição legal, nomeadamente os bares e discotecas. Com a reabertura progressiva da atividade económica em Portugal, estas empresas necessitam de um novo reforço a fundo perdido, uma vez que o Programa Apoiar.pt já não tem candidaturas abertas desde 30 de abril. É assim da maior urgência que seja aberto um novo período de candidaturas ao abrigo do Apoiar.pt, com referência ao 2º trimestre de 2021, com base na faturação do período homólogo de 2019.

 

Prazo de requerimento do novo Incentivo à Normalização e do Apoio Simplificado

As candidaturas ao novo Incentivo à Normalização da Atividade Empresarial (modalidade de 2 RMMG), bem como ao Apoio Simplificado para Microempresas à Manutenção dos Postos de Trabalho, terminam já na próxima segunda-feira, dia 31 de maio. Este é um prazo de candidatura muito curto, especialmente se consideramos a gestão que os empresários devem efetuar para evitar a cumulação simultânea com o Apoio à Retoma Progressiva / Lay-off Simplificado. Para qualquer questão consulte os serviços da AHRESP.

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP