Boletim Diário AHRESP (BDA 165) – 20.11.2020

Informações e Esclarecimentos

Parlamento aprova renovação Estado de Emergência

Foi hoje aprovada a renovação da declaração do Estado de Emergência, tal como proposto pelo Presidente da República. O diploma que renova o Estado de Emergência vigorará das 00h00 do dia 24 de novembro às 23h59 do dia 8 de dezembro. Resta agora aguardar pela publicação da respetiva regulamentação, que se prevê ocorrer com a maior brevidade possível.Consulte aqui o diploma

 

Novas medidas de apoio às empresas aprovadas em Resolução de Conselho de Ministros

Foi publicada a Resolução de Conselho de Ministros n.º 101/2020, que veio oficialmente aprovar as novas medidas de apoio às empresas lançadas no início do mês, nomeadamente a medida Apoiar.pt e as novas linhas de crédito destinadas a empresas organizadoras de eventos e a empresas exportadoras do setor industrial. Aguardamos a publicação dos respetivos regulamentos. Consulte aqui a resolução

 

Receitas turísticas internacionais com quebras de 56% nos primeiros 9 meses do ano

Segundo estatísticas divulgadas pelo Banco de Portugal, no acumulado de janeiro a setembro de 2020, as receitas turísticas internacionais situaram-se nos 6,5 mil milhões de euros, uma quebra de 55,8% face ao período homólogo. O setor das viagens e turismo representou 40,2% das exportações de serviços e 11,9% do total das exportações de bens e serviços, quando em 2019 representava 54,3% e 20,6% respetivamente.

 

Soluções Google para Marketing Digital no Sector da Hotelaria & Restauração

É já na próxima segunda-feira, dia 23 de novembro, pelas 16h00, que vai decorrer o Webinar “Soluções Google para Marketing Digital no Sector da Hotelaria & Restauração”, com o objetivo de apresentar as soluções da Google em  Marketing Digital  para o canal HORECA. A formação promovida pela AHRESP em parceria com a Google, decorre na plataforma Google Meet e tem como oradora Sofia Cardoso, Agency Account Manager para o mercado Português nos sectores de Travel, Financial Services. A inscrição é gratuita, mas pressupõe registo obrigatório.

MEDIDAS AHRESP

AHRESP reúne com a Casa Civil da Presidência da República

Realizou-se ontem, dia 19 de novembro, uma reunião com a presença da Direção da AHRESP e da Casa Civil da Presidência da República, onde apresentamos a grave situação das empresas da Restauração, Similares e do Alojamento Turístico, bem como as principais de medidas que carecem de aplicação urgente, nomeadamente ao nível da liquidez da tesouraria, da proteção do emprego, das rendas não habitacionais e das moratórias fiscais e contributivas. A Casa Civil ouviu as preocupações da AHRESP com o objetivo de informar Sua Excelência o Presidente da República das mesmas, cabendo, porém, ao Governo a execução de todas as medidas e soluções que possam ajudar os nossos setores de atividade.

 

Orçamento do Estado 2021

Com o aproximar do momento de aprovação final do Orçamento do Estado para 2021 e para debater a atual situação dos Setores da Restauração, Similares e do Alojamento Turístico, a AHRESP reuniu hoje na sua sede com o Partido Comunista Português (PCP). Esta sessão de trabalho vem na sequência habitual da ronda aos Grupos Parlamentares por esta ocasião, tendo a AHRESP já realizado reuniões de trabalho com os grupos parlamentares d’Os Verdes, CDS-PP, Bloco de Esquerda, PSD e PS, a quem teve a oportunidade de apresentar as principais medidas do Programa de Emergência.

 

Confederações Patronais reúnem com Primeiro-Ministro e exigem apoios mais robustos

As quatro Confederações Patronais (CTP, CCP, CIP e CAP), reuniram hoje de urgência com o Primeiro-Ministro com o objetivo de discutir o atual estado da economia e apelar à tomada de medidas urgentes e eficazes para proteger o tecido empresarial português e o emprego de milhares de cidadãos, solicitando do Governo “(…) uma atuação mais firme e assertiva, nomeadamente no que se refere a medidas de apoio económico às empresas e salvaguarda dos postos de trabalho”, numa altura em que muitas empresas enfrentam dificuldades para manter a sua atividade, “(…) com muitas delas já em situação irrecuperável, de pré-falência e de despedimentos.”. A AHRESP integra três destas Confederações (CTP- Confederação do Turismo de Portugal, CCP- Confederação do Comércio e Serviços de Portugal e CIP- Confederação Empresarial de Portugal), com quem tem dialogado e dado nota das suas preocupações e das suas propostas de medidas.

 

AHRESP congratula iniciativas de Câmaras Municipais que ajudam empresas de restauração e alojamento

Várias Câmaras Municipais anunciaram que vão assumir a entrega de refeições encomendadas em restaurantes locais aos seus munícipes, nomeadamente através de serviços de táxi. É o caso das Câmaras Municipais de Viseu, Loures, Matosinhos, Famalicão, Condeixa, Grândola, Vizela, Nelas, entre muitas outras. Muitas têm sido as medidas que as autarquias nacionais têm implementado para ajudar as empresas e os empresários nacionais. A AHRESP não pode deixar de se congratular por estas iniciativas, às quais deve acrescentar medidas que incluem isenção de taxas, rendas, apoios a empresários, vouchers, entre várias outras, implementadas de Norte a Sul por dezenas de autarquias, e que são importantíssimas para que as empresas consigam enfrentar as dificuldades a que estão sujeitas. De referir que a AHRESP tem vindo a reunir com dezenas de autarquias ao longo dos últimos meses e a abertura para soluções conjuntas tem sido uma constante.

 

AHRESP responde à consulta pública relativa ao quadro jurídico da gestão de resíduos

A AHRESP respondeu hoje à consulta pública, promovida pela Secretaria de Estado do Ambiente, sobre o quadro jurídico da gestão de resíduos, salientando as inúmeras preocupações e dificuldades das empresas que representa face à aplicação de mais custos de contexto. O diploma em apreço engloba três regimes distintos: regime geral da gestão de resíduos, regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos e tem impactos diretos e onerosos na operação diária das empresas do setor HORECA. A AHRESP não deixou, uma vez mais, de defender os interesses das empresas que representa.

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP