Boletim Diário AHRESP (BDA 46) – 03.06.2020

Informações e Esclarecimentos

Inquérito AHRESP

A AHRESP realizou mais um Inquérito às empresas do alojamento turístico e da restauração e bebidas. O Inquérito decorreu entre 31 de maio e 3 de junho de 2020, tendo obtido 1.510 respostas válidas.

Principais conclusões – Restauração e Bebidas:

  1. Reabertura
  • 36% das empresas de Restauração não reabriram a 18 de maio.
  1. Faturação
  • 45% das empresas que reabriram têm registado uma faturação média abaixo dos 10%;
  • Quase 60% das empresas perspetivam faturar até 10.000€ em junho;
  • 36% das empresas ponderam avançar para insolvência.
  1. Lay-off
  • 21% das empresas ainda não tinham recebido o apoio da Segurança Social referente ao primeiro pedido de lay-off;
  • 62% das empresas não vão conseguir pagar salários em junho, se não tiverem apoio do lay-off no mês corrente.
  1. Salários e Emprego
  • 16% das empresas não conseguiram pagar salários em maio;
  • 18% do setor da restauração não vão conseguir manter os postos de trabalho até ao final do ano.
  1. Apoios Financeiros
  • 33% das empresas que recorreram a financiamento e têm o processo aprovado, referiram ainda não ter o dinheiro disponível;
  • 28% das empresas não conseguiram aceder ao Programa ADAPTAR porque as candidaturas já estavam encerradas.

 

Principais conclusões – Alojamento Turístico:

  1. Reabertura
  • 70% do setor do alojamento encerrou por culpa da COVID-19.
  1. Faturação
  • Mais de 43% das empresas não consegue perspetivar qualquer volume de faturação nos meses de junho a setembro;
  • 30% das empresas esperam uma taxa de ocupação máxima de 25% para os meses da época alta (julho a setembro);
  • 18% das empresas ponderam avançar para insolvência.
  1. Lay-off
  • 30% das empresas não tinham recebido o apoio da Segurança Social referente ao primeiro pedido de lay-off;
  • 50% das empresas do alojamento turístico que vão prorrogar o lay-off até junho não vão conseguir pagar salários neste mês se não tiverem apoio do lay-off.
  1. Salários e Emprego
  • 32% das empresas não conseguiram pagar salários em maio;
  • 14% do alojamento turístico não vão conseguir manter os postos de trabalho até ao final do ano.
  1. Apoios Financeiros
  • 35% das empresas que recorreram a financiamento e têm o processo aprovado ainda não têm o dinheiro disponível;
  • 18% do alojamento turístico não conseguiram aceder ao Programa ADAPTAR porque as candidaturas já estavam encerradas. 

Consulte aqui os resultados

 

Clean & Safe Restauração

O Turismo de Portugal, em parceria com a AHRESP, organizou um Programa de formação on-line do Selo “Clean & Safe” que tem neste momento três horários disponíveis entre os dias 4 e 5 e junho. O objetivo é contribuir para a implementação dos procedimentos que as empresas deverão assegurar para garantir que a sua atividade é realizada nas melhores condições de limpeza e higiene, gerando confiança nos colaboradores e nos clientes. Saiba mais aqui

 

Clean & Safe Açores

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através da Direção Regional do Turismo, anunciou a abertura das inscrições para adesão ao selo “Clean & Safe Açores”, cuja atribuição tem por base o Manual de Boas Práticas COVID-19, disponibilizado por módulos temáticos, e que incorpora contributos dados pela AHRESP. Saiba mais aqui

 

Portugal distinguido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC)

Portugal foi um dos primeiros cinco destinos turísticos a receber o “Selo de Segurança Global” do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), que reconhece destinos e empresas pelas medidas implementadas para proteger a saúde dos viajantes e colaboradores. Os restantes destinos turísticos com este selo atribuído foram a Arábia Saudita, Barcelona, Cancún, e Sevilha. Saiba mais aqui

 

Turismo Centro de Portugal

O filme “A Vida é Agora”, inserido na campanha de promoção que a Turismo Centro de Portugal tem em curso, foi reconhecido como um dos melhores filmes a concurso no 13.º Festival Internacional de Filmes de Turismo “TourFilm Riga”, que decorreu em Riga, capital da Letónia. O filme, produzido pela Slideshow para a Turismo Centro de Portugal, foi o grande vencedor na categoria ‘Destinos Turísticos – Região’. 

 

Livro de Reclamações físico

Os estabelecimentos voltam a ter de facultar ao cliente o livro de reclamações em formato físico e cumprir os prazos de envio do original da folha de reclamação, terminada que foi a suspensão destas obrigações. 

 

MEDIDAS AHRESP

Programa de Capitalização para Empresas do Canal HORECA

Face aos resultados obtidos pela AHRESP no inquérito lançado no dia 31 de maio para a Restauração, Bebidas e Alojamento Turístico, é urgente que sejam atendidas as medidas que foram apresentadas ao Governo no passado dia 18 de maio, intitulado Programa de Capitalização para Empresas do Canal HORECA. Com esse programa, procura-se obter a viabilidade das empresas e salvaguardar a manutenção dos postos de trabalho.

Salientam-se algumas das propostas:

  • Um novo regime de lay-off simplificado para a manutenção do emprego;
  • Aplicação da taxa reduzida de IVA para os Serviços de Alimentação e Bebidas (6% no Continente, 5% na Madeira, 4% nos Açores);
  • Isenção da TSU devida pelo empregador;
  • Redução das rendas não habitacionais.

Várias outras propostas podem ser consultadas aqui.

 

Reforço Urgente do “Programa ADAPTAR”

A AHRESP defende um reforço urgente do Programa ADAPTAR, que só está disponível para as regiões Centro, Alentejo e Algarve. Com a suspensão a 25 de maio das candidaturas ao ADAPTAR MICROEMPRESAS (a nível nacional) e ao ADAPTAR PME nas Regiões de Lisboa e Norte. Este apoio é da maior relevância para as nossas micro e PME, de modo a garantir a aquisição implementação das medidas adequadas para um funcionamento em segurança, como se exige.

Artigos Relacionados

SEJA ASSOCIADO AHRESP