European Hospitality Summit’19: o mais importante espaço de reflexão sobre a hospitalidade

A primeira edição do European Hospitality Summit registou cerca de 350 participantes, reuniu empresários, gestores, académicos, dirigentes políticos e associações num formato inédito que abriu as portas à reflexão sobre o mercado do Alojamento Turístico em Portugal, perspetivas face à conjuntura nacional e sobretudo internacional. A riqueza dos contributos reunidos será alvo de uma publicação da AHRESP exclusivamente dedicada às informações reunidas no evento que abriu novos caminhos para o Alojamento Turístico em Portugal.

previous arrow
next arrow
Slider
A primeira edição do European Hospitality Summit decorreu na Academia das Ciências, em Lisboa, no dia 13 de abril

Com cerca de 350 pessoas em permanência, a primeira edição do European Hospitality Summit ficou marcada pela intensidade dos trabalhos que decorreram, em simultâneo, em dois palcos distintos: um espaço dedicado à reflexão sobre as tendências da Hospitalidade no país, em particular o segmento que assinala um crescendo percentual no cômputo das dormidas em Portugal, o Alojamento Local (AL); um segundo palco dedicado a intervenções mais técnicas sobre as ferramentas fiscais, formação, marketing digital, guest experience, entre outros; e um terceiro espaço onde decorreram workshops em contínuo.

O primeiro painel, que despertou viva atenção na audiência, tratou as “Tendências e Perspetivas do Futuro do Turismo em Portugal”, foi moderado por Pedro Mourinho da SIC e contou com Adolfo Mesquita Nunes, ex-secretário de Estado do Turismo, Lídia Monteiro do Turismo de Portugal e Cristóvão Lopes, diretor do Falésia Hotel, em Albufeira, no Algarve. O Palco 1 acabou por reunir os maiores debates sobre as tendências do mercado da hospitalidade, onde foram destacados amiúde os números do recente crescimento do setor do turismo e, particularmente, do segmento do AL, tanto ao nível da obtenção de receitas como da criação de postos de trabalho. Boom e sustentabilidade da atividade estiveram no centro do debate, bem como a análise de novos produtos para este segmento e até possíveis oportunidades para o setor, como é o caso da possível recetividade a pagamentos com bitcoins.

O Palco 1 acabou por reunir os maiores debates sobre as tendências do mercado da hospitalidade, onde foram destacados amiúde os números do recente crescimento do setor do turismo e, particularmente, do segmento do AL, tanto ao nível da obtenção de receitas como da criação de postos de trabalho. Boom e sustentabilidade da atividade estiveram no centro do debate, bem como a análise de novos produtos para este segmento e até possíveis oportunidades para o setor, como é o caso da possível recetividade a pagamentos com bitcoins.

As mega tendências digitais que marcam a agenda de um setor que Ana Jacinto, a nossa Secretária-Geral, admite que vai continuar a dar cartas pelo trabalho contínuo e inovação constante. “Conseguimos colocar os vários players de mercado num só evento, a partilhar experiências, a criar networking, e a refletir sobre o mercado”. No final, um balanço muito positivo por esta primeira edição do European Hospitality Summit “ter sido muito participado, construtivo e abrangente. Julgo que se criaram aqui laços importantes, fruto de uma grande partilha de experiências e competências no domínio do alojamento turístico”.

A fechar um dia de intensos trabalhos, um conjunto de startups apresentou os seus serviços para as empresas do setor, desde a disponibilização de pequenos-almoços à possibilidade de se simplificar o HACCP. Paralelamente ao palco principal, decorreram workshops e uma exposição de serviços dirigidos a este segmento do alojamento.

O Secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, que encerrou a sessão, referiu que “esta iniciativa da AHRESP demonstra uma perspetiva integrada sob a forma como todos os setores podem beneficiar das oportunidades que têm surgido ao nível da hotelaria, restauração e serviços no nosso país”. E salientou ainda “o trabalho e esforço contínuo que a associação tem desenvolvido para criar melhores condições para a ativação destes setores e o crescimento e desenvolvimento da nossa atividade económica”.

A realização deste evento contou com o apoio da NovoVerde, PT Altice, YOUR – Business, Millennium bcp, Google, Host – Hotel Systems, Grupo GM, MDS, Mapfre, SGS, SIBS, Startup Lisboa, RXF, Publituris e SAPO.

Proximamente, a AHRESP reunirá numa edição exclusivamente dedicada ao evento os pontos altos do contributo de todos os que participaram nesta primeira edição do European Hospitality Summit.